Teve início nesta segunda-feira (27) a segunda etapa de distribuição de cestas básicas, kits de higiene pessoal de limpeza doméstica às 70 pessoas cadastradas no projeto da organizado pelo Fórum de ONGs Aids de São Paulo (Foaesp) e pela Rede Nacional de Pessoas Vivendo com HIV/Aids de São Paulo (RNP+).

Os produtos foram adquiridos com recurso emergencial disponibilizado pela Aids Healthcare Foundation (AHF) para pessoas afetadas pela Covid-19. Estão sendo beneficiadas trabalhadoras e trabalhadores sexuais, pessoas LGBTQI+ e pessoas com HIV/aids em situação de extrema vulnerabilidade durante a pandemia.

Alisson Barreto, integrante do Foaesp e da RNP+, explica que as cestas são distribuídas durante três meses consecutivos, sendo junho, julho e a última no fim de agosto. “Gostaríamos de conseguir mais cestas, mas com o valor que temos, garatimos alimentos, higiene pessoal e limpeza para a casa dessas 70 pessoas”, disse.

Segundo Alisson, é importante que o movimento de aids pense em atividades que também lidem com a questão da Covid-19, já que se carecteriza uma situação emergencial para muitas pessoas que estão em vulnerabilidade. “Nós enxergamos na Covid uma oportunidade para lutar ainda mais por pautas nossa, já que agora as pessoas perceberam a importância do SUS, por exemplo. Por isso, um dos focos de trabalho do Foaesp hoje é trabalhar junto à Câmara dos Deputados para que o PL 1462 que vai beneficiar não apenas a vacina e medicamentos para o coronavírus como também para HIV.”

 

Manaus

Nos dias 9, 10 e 11 de julho a RNP+ do Amazonas entregou a segunda remessa de cestas básicas de alimentação e de higiene pessoal e limpeza para casa do projeto de apoio às pessoas vivendo com HIV e aids (PVHA) no contexto da pandemia Covid-19 também financiado pelo fundo emergencial da AHF Brasil.

Foram entregues:
100 cestas básicas: 1.800 kg (mil e oitocentos quilos) de alimentos.
80 kits de higiene/ limpeza: 2.500 itens de higiene/limpeza distribuídos.
80 máscaras de tecido lavável

A instituição afirma que as cestas foram destinadas para membros da Rede Nacional de Pessoas Vivendo com HIV e Aids no Amazonas. Deste quantitativo de 100 cestas de alimentos, foram doadas 20 cestas para a Campanha Voluntariado pelas Américas.

 

 

Agência de Notícias da Aids