Com a expansão do coronavírus e o conselho da Organização Mundial da Saúde para evitar sair de casa, a ONG Transvest está organizando uma bolsa auxiliar para mulheres travestis e transexuais de Belo Horizonte (Minas Gerais).

Apesar de algumas medidas de combate e prevenção ao coronavírus incentivarem o isolamento social, essa medida ainda é fora da realidade de diversos LGBTI+. O objetivo da ONG é auxiliar na diminuição do contágio por meio do auxílio, que pretende beneficiar 90 trans com uma renda mínima de R$100 e 10, as idosas, recebam R$200.

A ONG é coordenado por Duda Salabert, que chama atenção ao fato de que a expectativa de vida de pessoas trans é 35 anos, então a noção de velhice é diferente à comunidade.

A organização pretende ampliar o número de mulheres atendidas, para isso foi criada uma vaquinha online. Para doar, é só clicar aqui.

Fonte: Põe na Roda