O Brasil aplicou 1.646.495 doses de vacinas contra Covid-19 nesta terça-feira (8). Esta é a terceira maior quantidade de doses aplicadas no período de 24 horas no país desde o início da campanha de vacinação, em janeiro deste ano.

Segundo dados das secretarias estaduais de saúde, foram aplicadas 1.369.599 da 1ª e 276.896 da 2ª dose.

A terceira posição havia sido atingida no último dia 28 de maio, quando foram aplicadas 1.211.432 doses de imunizantes, valor que ocupa agora a quarta posição.

Os maiores números de vacinação em um dia foram registrados em 23 de abril (1.744.001) e em 27 de abril (1.566.963).

O número de doses aplicadas por dia vem crescendo após semanas sucessivas em maio de queda na vacinação devido à falta de imunizantes. Entre os dias 13 e 19 de maio, houve diminuição de 17% na quantidade diária de imunizações realizadas.

No total, 50.953.709 pessoas receberam pelo menos uma dose da vacina contra a Covid no país —23.303.559 delas já receberam a segunda dose do imunizante.

Especialistas alertam que cuidados básicos como uso de máscara, distanciamento social e higiene das mãos devem ser mantidos mesmo após a aplicação das duas doses do imunizante, uma vez que nenhuma vacina garante 100% de proteção contra a doença

Dados da pesquisa na cidade de Serrana, no interior de SP, indicam que uma retomada mais segura da vida normal deve ser feita quando pelo menos 60% de toda a população estiver imunizada, ou pelo menos 75% da população adulta. A cidade viu uma queda de 95% no número de óbitos após ter alcançado mais de 95% da população adulta completamente imunizada.

Com os dados vacinais desta terça, 30,8% da população com mais de 18 anos recebeu a 1ª dose da vacina contra a Covid e 14,31% recebeu a segunda.

Fonte: Folha de S. Paulo