Na última semana, a Agência Aids passou a publicar vídeos de ativistas que revelam como tem vivido e se comportado com o isolamento social por conta do Covid 19. Na última sexta-feira (27), o ativista Drew Persi contou, por meio de vídeo, como estão sendo seus dias de quarentena. No sábado (28), vocês puderam conferir o recado do ativista Eduardo Barbosa. No domingo (29) puderem assistir ao depoimento da jornalista e ativista Marina Vergueiro e, ontem, a ativista Silvia Almeida.

O  mais recente balanço dos casos da Covid-19, divulgado nessa quinta-feira (2), mostrou que, no total, são 6.836 casos oficiais confirmados no país até agora, segundo o governo — 1.119 diagnósticos em um dia no Brasil.

Hoje, a Agência Aids disponibiliza o depoimento do escritor e ativista Beto Volpe. Confira:

Ativista independente e escritor Beto Volpe, de 58 anos, contraiu o vírus em 1989, aos 28. Natural de São Vicente, no litoral de São Paulo, ele diz que, na época, até os maiores especialistas do mundo se confessavam impotentes perante uma ameaça até então inusitada. “Era muito estranho viver com HIV no início dos anos 1990.”

Volpe conta que contraiu HIV após ele e o então namorado abolirem o uso de preservativos. Quando o relacionamento terminou, ele resolveu fazer o exame que detecta o vírus e, no final daquele ano, veio o diagnóstico positivo. Recebê-lo, no entanto, não foi fácil. “Foram várias e sucessivas maneiras de ver a vida”, diz.

O escritor destaca que, na ocasião, o pensamento era regrado pela morte. “Esperava morrer depois de um, dois meses. Um ano no máximo. Comecei a ver meus amigos morrendo de formas horríveis”, destaca. “Não havia tratamento, somente ignorância generalizada sobre o inimigo”, continua.

Ao publicar o livro Morte e Vida Positiva, Beto defendeu que a infecção pelo HIV lhe proporcionou a oportunidade de reescrever sua história. “Apesar de todas as dificuldades e de todas as perdas, foi o vírus que me tirou da mediocridade em que vivia e deu sentido à minha vida”.

 

 

Redação da Agência de Notícias da Aids