Acontece nessa quarta-feira (11), a Roda de Conversa Mães pela Diversidade, das 19h às 22h no auditório do Centro de Referência e Treinamento DST/Aids de São Paulo. O objetivo do evento é esclarecer dúvidas e acolher pais e mães para um melhor relacionamento com filhos LGBTs.

Farão parte da Roda de Conversa, Andrea Hercowitz, que é mãe de um menino gay e uma menina bissexual, Regiane Abreu, mãe de uma criança trans não-binária, Marcelo Limão que é pai de um menino trans. “Vamos compartilhar nossas histórias, trabalhar com afetividade para que essas famílias possam fazer um melhor acolhimento”, explica Andrea.

Segundo ela, o grupo recebe não apenas mães, mas toda a família. “Cada vez mais pais entram para nosso grupo também. É importante frizar que não somos ativistas, pois não somos LGBTs, somos pais e buscamos acolher nossos filhos para que tenham respaldo. Lutamos muito por eles.”

O coletivo Mães pela Diversidade é uma Organização Não Governamental que nasceu na cidade de São Paulo em 2014, fruto de um encontro espontâneo de mães e pais de lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais de todo o Brasil, preocupados com o avanço do fundamentalismo religioso, a insegurança jurídica, o preconceito e a violência contra a população LGBTQI+. Além disso, o grupo luta pelos direitos civis de seus filhos e filhas.

Hoje, a ONG reúne cerca de duas mil pessoas em todo o Brasil. Dentre os objetivos da instituição, está promover a cultura, educação, saúde, assistência social e voluntariado, estimulando o respeito e a tolerância à orientação sexual, à identidade de gênero e às diferenças culturais, sociais e raciais, promovendo condições para a construção de uma cultura solidária e ética.

Para mais informações, confira o site da instituição.

 

Roda de Conversa Mães Pela Diversidade

Local: Rua Santa Cruz , 81 – Vila Mariana – próximo do Metro Santa Cruz .

Horário: Das 19h às 22h